TERAPIA SEXUAL CRISTÃ

DIVÓRCIO – SOU CRENTE E MEU CASAMENTO ACABOU. POSSO DIVORCIAR?

Posted on: fevereiro 7, 2010

** PARA QUE VOCÊ POSSA ENTENDER MELHOR MEU TRABALHO E A FUNÇÃO DESSE SITE LEIA O SEGUINTE ARTIGO PRIMEIRO:



AGORA BUSQUE ENTRE OS TÓPICOS ABAIXO O ASSUNTO DE SEU INTERESSE: SUGERIMOS QUE LEIA  A TODOS.

POSSO DIVORCIAR-ME MESMO QUE NÃO HOUVE ADULTÉRIO?

PERDEREI A SALVAÇÃO SE DIVORCIAR?

AMADO (A) SOU PASTOR DA ASSEMBLEIA DE DEUS E TERAPEUTA SEXUAL CRISTÃO TRATANDO DE TEMAS E ASSUNTOS QUE GERALMENTE AS IGREJAS NÃO FALAM, NÃO TRATAM E QUANDO O FAZEM FICA POUCO ESCLARECIDO. O TEXTO A SEGUIR NÃO E UM DESAFIO A CRENÇA OU DOUTRINA DE NENHUMA IGREJA E MUITOS MENOS UMA NOVA DOUTRINA OU PRÁTICA A SER SEGUIDA MAS SIM RESPOSTA A UM POVO QUE CLAMA COM DORES  QUE MUITAS IGREJAS TEM IGNORADO.

Para que você possa entender mais desse trabalho visite o blog:

>>> www.terapiasexualcristao.wordpress.com

Este artigo nasceu com uma pergunta de uma irmã durante uma seção na terapia sexual, a qual me chamou a atenção pelo o fato de que são muitos os evangélicos vivendo uma prisão dentro de suas próprias casas. Tal irmã disse:

“Pastor preciso de ajuda: Não tenho com quem falar, não aguento mais a carga e o peso que é conviver com meu esposo. Não podemos nem viver mais na mesma cama, preciso sair dessa luta, ja tentei de tudo e nada deu certo, o amora acabou e estou com profunda depressão!!!  Oração e jejum não mudou nada ate agora e ja esperei um tempo e não aguento mais. Sinto vontade de morrer por não ver saida. POSSO DIVORCIAR-ME SEM PERDER A SALVAÇÃO?…”

Ao ser perguntado pela irmã, Deus tocou em meu coração e vi a necessidade de esclarecer esse outro lado escuro de nossos tempos pois verdadeiramente nos dias em que vivemos o numero de divorcio no meio evangélico tem sido tão grande quanto ao do mundo… So que ninguém quer mostrar isso

Entre os principais fatores que levam ao divórcio no meio cristão está a frustração sexual, a qual em parte tem sido causada pelas doutrinas do – TUDO NÃO PODE – E por muitas ignorâncias doutrinarias.

“IGNORÂNCIA ESPIRITUAL + VIDA SEXUAL FRUSTRADA = CASAMENTO DESTRUIDO”

Se lhe contassem os milhares de emails que recebo por mes fora outros milhares que comentam em meu blog sobre questões sexuais dentro do meio evangélico você não acreditaria… De problemas de ereção e masturbação ate pornografia e sexo virtual, mulheres frias, sem desejos, sem orgasmos, problemas estes que tem atacado a muitos crentes fieis sem falar na pergunta numero 1 do crente sobre praticas sexuais sexo oral e anal se pode ou não (curiosidade de todos), tenho ajudado a todos.

Sabemos claramente que o Divórcio não foi, não é, nem nunca será a vontade de Deus para o homem. Sabemos também que a biblia nos fala que mesmo que Deus não planejou que o homem ficasse so, mas que se casasse e vivesse com sua esposa para sempre, Ele (Deus) pela dureza do coração do homem e pelo avanço do pecado no mundo desde os dias da lei, permitiu alguns parâmetros para o divórcio, pois se assim não o fizera, o povo desde a antiguidade como também hoje estariam se separando por qualquer motivo.

No tempo da lei e do Novo testametno o divórcio era permitido se:

  • Houvesse caso de Indecência (a falta de virgindade, pecado sexual) encontrado na mulher;
  • Houvesse adultério, tanto o adúltero como a adúltera seriam condenados a morte.

Quando um homem tomar uma mulher e se casar com ela, então será que, se não achar graça em seus olhos, por nela encontrar coisa indecente, far-lhe-á uma carta de repúdio, e lha dará na sua mão, e a despedirá da sua casa.

Se ela, pois, saindo da sua casa, for e se casar com outro homem,

E este também a desprezar, e lhe fizer carta de repúdio, e lha der na sua mão, e a despedir da sua casa, ou se este último homem, que a tomou para si por mulher, vier a morrer,

Então seu primeiro marido, que a despediu, não poderá tornar a tomá-la, para que seja sua mulher, depois que foi contaminada; pois é abominação perante o SENHOR; assim não farás pecar a terra que o SENHOR teu Deus te dá por herança.

DEUTERONÔMIO 24:1-4

Em ambos casos a vitima ficaria livre do julgo do matrimonio, livre para casar-se de novo. Contudo os fariseus nos dias de Jesus ja haviam mal interpretado essa lei, ou melhor dizendo, este parâmetro da lei sobre o divórcio – ENTENDA-SE QUE DIVÓRCIO FOI UMA CONCESSÃO E NÃO MANDAMENTO MAS SIM UMA LIMITAÇÃO DO MESMO. Contudo o povo ja estava se divorciando por qualquer coisa, sem motivos legais que fossem enquadrados nos parâmetros que Deus deixou se caso houvesse a necessidade de um divórcio.

Sendo o divórcio um problema desde os tempos antigos, os fariseus indagaram a Jesus sobre o assunto vendo se o Mestre entraria em contradição na questão: Veja o que Jesus lhes respondeu quanto lhe foi perguntado se o divórcio era permitido:

Então chegaram ao pé dele os fariseus, tentando-o, e dizendo-lhe: É lícito ao homem repudiar (DIVORCIAR) sua mulher por qualquer motivo?

Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez,

E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne?

Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.

Disseram-lhe eles: Então, por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio, e repudiá-la?

Disse-lhes ele: Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim.

Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério.

MATEUS 19:3-9

Ou seja, uma vez mais Jesus reforçou  aos fariseus que o divórcio não deveria acontencer por qualquer motivo, mas sim se fosse em caso de adultério, traição, pecado sexual, pois estava se tornando comum o fato de que muitos estavam se divorciando sem razão, tinham um problema e não queriam tratar de tal, em troca buscavam a fácil soluçao que era o divórcio. Isso ainda acontece hoje pessoas que não querem passar por luta nem serem perseverantes, porém reconheço outros casos que divórcio é a unica saida.

CONTUDO VAMOS TRAZER ISTO AOS DIAS ATUAIS E ANALIZAR OUTRAS ESCRITURAS BÍBLICAS QUE TAMBÉM NOS FALA UM POUCO MAIS DO DIVÓRCIO.

A realidade que muitos não falam é que uma grande porcentagem de casamentos vivem de aparência, ou seja, o casamento não vai bem, estão em conflitos e muitos até sem vida sexual ativa por longos periodos. O caso da irmã acima que é apenas ums entre as centenas de emails que recebo todo mês de pessoas desesperadas tentando salvar seu casamento, pessoas que amam a Deus, pessoas que pensavam em haver casado com o par de Deus perfeito, depois de muita oração, jejum e confirmação mas que infelizmente, a realidade vivida por muitos deles hoje é tragédia e frustração.

O QUE FAZER QUANDO NÃO DA MAIS CERTO, DEPOIS QUE DE FATO O AMOR SE ACABOU,  QUE NÃO HA MAIS INTIMIDADE SEXUAL NEM DIÁLOGO, OU PIOR, JA SE FOI O RESPEITO?

Seria o divórcio uma condenação mesmo quando não houvesse adultério cometido entre as partes envolvidas?

SABEMOS QUE DEUS NÃO MUDA (MAL. 3:6), E PELO FATO DE QUE O TEMA DIVÓRCIO É ALGO POUCO DEBATIDO EM IGREJAS E AINDA FALTA MUITA LUZ PARA AJUDAR AOS QUE ENFRENTAM ISSO OU ESTÃO A PONTO DE COMETE-LO não podemos nos limitar a versiculos isolados apenas, mas sim fazer um estudo mais amplo dentro do contexto biblico apoiando-se em outros versiculos que concordam com o mesmo assunto antes de sairmos por ai condenando aos que passam por tais tragedias.

Hoje existe muitas vidas de cristãos desviados e vivendo no mundo la fora devido a ignorância doutrinaria (homem) de muitas igrejas, e por falta de analize biblico com perspectivas amplas dentro da graça e misericórdia de Deus.

Para efeito de análize tomarei somente 2 partes da biblia para explanar um pouco mais sobre o divórcio e então estabelecerei meu ponto.

VAMOS AO LIVRO DE ESDRAS:

Acabadas, pois, estas coisas, chegaram-se a mim os príncipes, dizendo: O povo de Israel, os sacerdotes e os levitas, não se têm separado dos povos destas terras, seguindo as abominações dos cananeus, dos heteus, dos perizeus, dos jebuseus, dos amonitas, dos moabitas, dos egípcios, e dos amorreus.

Porque tomaram das suas filhas para si e para seus filhos, e assim se misturou a linhagem santa com os povos dessas terras; e até os príncipes e magistrados foram os primeiros nesta transgressão.

E, ouvindo eu tal coisa, rasguei as minhas vestes e o meu manto, e arranquei os cabelos da minha cabeça e da minha barba, e sentei-me atônito.

Agora, pois, vossas filhas não dareis a seus filhos, e suas filhas não tomareis para vossos filhos, e nunca procurareis a sua paz e o seu bem; para que sejais fortes, e comais o bem da terra, e a deixeis por herança a vossos filhos para sempre.

Tornaremos, pois, agora a violar os teus mandamentos e a aparentar-nos com os povos destas abominações? Não te indignarias tu assim contra nós até de todo nos consumir, até que não ficasse remanescente nem quem escapasse?

ESDRAS 9:1-3;12;14

Quando lemos este texto vemos que o povo de Deus pecou ao casarem-se com mulheres estrangeiras e isso trouxe a indignação de Deus sobre eles e Esdras o sacerdote e escriba, percebendo a situaçao que estava o povo de Israel, orou ao Senhor intercedendo pelo povo, pelo que levantou Secanias e trouxe a Esdras uma palavra a qual Esdras deu ouvidos.

“Então Secanias, filho de Jeiel, um dos filhos de Elão, tomou a palavra e disse a Esdras: Nós temos transgredido contra o nosso Deus, e casamos com mulheres estrangeiras dentre os povos da terra, mas, no tocante a isto, ainda há esperança para Israel.

Agora, pois, façamos aliança com o nosso Deus de que despediremos (divorciaremos de) todas as mulheres, e os que delas são nascidos, conforme ao conselho do meu senhor, e dos que tremem ao mandado do nosso Deus; e faça-se conforme a lei.

Levanta-te, pois, porque te pertence este negócio, e nós seremos contigo; esforça-te, e age.”

Então Esdras se levantou, e ajuramentou os chefes dos sacerdotes e dos levitas, e a todo o Israel, de que fariam conforme a esta palavra; e eles juraram.

ESDRAS 10:2-5

Esdras fez o povo jurar que dariam ouvido a esta palavra, a qual comandava que eles se separassem de suas mulheres e as despedissem pelo fato de que elas eram estrangeiras e não pelo fato de que eles ou elas estivessem em adultério propriamente dito.

Se você tirar o tempo para ler todo o capitulo 10 de Esdras verá que Todos eles haviam se casado com mulheres estrangeiras e portanto todos obedeceram e divorciaram delas ao mando do Senhor Deus.

SE DEUS REALMENTE ODEIA O DIVORCIO COMO DIZ MALAQUIAS 2:16 ENTÃO COMO PODERIA DEUS ESTAR MANDANDO SEU POVO DIVORCIAR DE SUAS MULHERES PELO FATO DE SEREM ESTRANGEIRAS? ESTARIA DEUS VIOLANDO SUA PALAVRA? LÓGICO QUE NÃO….

Quando Deus fala em Malaquias 2:16 que Ele odeia o divórcio, isto quer dizer que Ele não gosta nem é sua vontade perfeita para o homem, contudo há excessões, há permissões de Deus sobre nossas vidas devido aos mesmo pecados que nos envolvemos.

Deus ordenou tal divorcio (Esdras 10:2-5) pelo fato de que seu povo havia casado fora de sua vontade, ou seja não era o casamento de Deus para eles, pois havia uma lei que dizia que seu povo não deveria se casar com povos estrangeiros os quais os levariam ao pecado.

Hoje a mesma palavra se aplica aos nossos tempos. QUANTOS CASAMENTOS  DENTRO DE IGREJAS QUE ESTÃO EM PROBLEMAS NÃO SÃO CONSEQUÊNCIAS DIRETAS OU INDIRETAS DO MESMO FATO? TERIAM TAIS CASAIS CASADO FORA DA VONTADE DE DEUS COMO OS ISRAELISTAS?

Jesus disse, “ O QUE DEUS UNIU O HOMEM NÃO SEPARA”. Muito bem, note que Jesus disse  “O que Deus uniu…” mas quantos casamentos estão unidos dentro do meio evangélico porque o profeta FULANO disse que o Cicrano era para Beltrano?! (Eu creio em profécias- mas nas verdadeiras e não as tiradas das cabeças humanas segundo seus sentimentos) .

Quantas pessoas se casaram seguindo intuição, carne, desejos sexuais… ou porque a familia pressionou por ser crente, para cobrir pecado sexual, por paixões, por emoção???? Sendo assim, todo casamento que Deus não uniu mas foi unido por outras razões ou situações, O próprio Deus não tem compromisso de mantê-lo, porém por sua misericordia Deus sempre passa por cima de nossas falhas e ainda nos ajuda a consertar nossos erros.

E O SEU CASAMENTO FOI DE DEUS? Será que os problemas  de agora estariam sendo causados por esse julgo desigual. Israel havia casado com julgo desigual por isso estavam falhando. Quantas mulheres e homens dentro das igrejas que são instrumentos de Deus mas que infelizmente casaram-se com julgo desigual, com pessoas que não eram convertidas verdadeiramente, outras que ja apontavam ser um problema desde o inicio mas a paixão do momento o impediu de ver… O mesmo mandamento sobre o julgo desigual  foi dado no Novo Testamento;

Não vos prendais (UNAIS/CASAIS) a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

2 CORINTIOS 6:14

Tem muitos “crentes” dentro das igrejas que são julgo desiguais e você não vê isso na testa deles, so descobrirá mais tarde. Muitos casamentos da atualidade desmoronam por esse simples fato. Contudo muitos lideres radicais querem somente aplicar a palavra de Mateus 19:9 que diz que o divórcio so poderá ser aceito se houver adultério.

Essa é uma verdade da biblia, mas não toda a verdade. Temos que ver outros textos como o que acabei de descrever acima antes de passar juizo e dizer que a pessoa tem que continuar vivendo amargada dentro de um casamento falido e de aparências.

DE QUE ADIANTA UM CASAMENTO DE APARÊNCIA QUANDO OS CONFLITOS DENTRO DE 4 PAREDES NÃO CESSAM? Todo lider diz somente… ore.. ore… jejue… É certo, a oração tem poder para mudar as pessoas e situações e lhe aconselho que faça o mesmo juntamente com terapias e aconselhamento de casal.

MAS E AQUELES QUE JA TENTARAM DE TUDO.. ORARAM, JEJUARAM, FIZERAM CAMPANHAS, UNGIRAM CASAS, FORAM A TERAPIAS E ENCONTROS… E bom, la esta o elefante na sala??? Deveriam continuar vivendo em aparências e infelizes o resto da vida ou deveriam cometer um adultério para ter base diante da igreja para o divorciar?

Uma vez mais olhe a pergunta que me levou a escrever este tema:

“Pastor preciso de ajuda: Não tenho com quem falar, não aguento mais a carga e o peso que é conviver com meu esposo. Não podemos nem viver mais na mesma cama, preciso sair dessa luta, ja tentei de tudo e nada deu certo, o amora acabou e estou com profunda depressão!!!  Oração e jejum não mudou nada ate agora e ja esperei um tempo e não aguento mais. Sinto vontade de morrer por não ver saida. POSSO DIVORCIAR-ME SEM PERDER A SALVAÇÃO?…”

“SIM….!!!!” ESTA FOI A RESPOSTA.

SOU EU A FAVOR DO DIVÓRCIO?

NÃO, LOGICO QUE NÃO E ISTO É OBVIO POIS A BIBLIA É CONTRA! PORÉM NAO SERÁ UM PECADO QUE NAO TENHA PERDÃO… NEM MUITO MENOS UM QUE LEVARÁ A PERDER A SALVAÇÃO.

CONTUDO O QUE ESTOU FAZENDO É responder a uma pergunta buscada por muitos que se veêm dentro de casamentos falidos que estão levando suas vidas para o buraco a cada dia e que a igreja continua mostrando so um lado da verdade. Não posso aceitar calado que muitos vivam preso frustrados dentro de uma prisão para sempre quando não há mais paz nem amor, senão o temor e a vergonha de serem rejeitados por uns ou por outros.

NO CASO CITADO ACIMA, a irmã disse ja haver tentado de tudo e nada tem dado certo ao ponto dela esta com depressão profunda. A má lingua falará .. “ha, isto e fraqueza ou demônio”… Bom, fácil é julgar de fora quando não se sabe o inferno que se esta vivendo dentro.

AMADO (A) SE SEU CASAMENTO ACABOU, E VOCÊ TEM CERTEZA DE QUE JA FEZ DE TUDO PARA SALVA-LO E NADA DEU CERTO E VOCÊ ESTA INFELIZ E SEM PAZ, eu digo que é hora de considerar sim o divórcio como a unica solução para que você volte a encontrar sua paz e ser restaurado (a) por Deus.

Vimos em Esdras que Deus mandou o povo divorciar quando o motivo era outro sem ser adultério. Entendemos que o que Deus uniu o homem não separa, mas para isso tem que ser Deus que tenha unido e não nos mesmos. Entendemos que Deus também por sua misericordia, graça e amor passa  por cima de nossas faltas e nos perdoa quando arrrependemos de verdade e abandonamos o pecado.

Antes quando eu so via o tema do divórcio de um angulo eu falava diretamente sem pensar que todos divorciados que não foram por causa de Adultério estariam pecando… Ate que um dia um Evangelista numa convenção na Suiça me perguntou:

“ Você crê que o sangue de Jesus perdoa qualquer pecado?”  eu disse, “sim”.  Ele continou, “ pois é, sendo assim mesmo  se a pessoa que divorciou tiver divorciado equivocadamente, se ela tiver cometido um erro em divorciar-se, ou o fizesse sem pensar e pedisse perdão não cre que Deus a perdoaria?… Nesse momento eu vi que eu não estava correto.

NÃO HA LIMITE NO SANGUE DE JESUS PARA O PERDÃO. SE UMA PESSOA FALHA COM QUALQUER PECADO (com excessão do pecado de morte), ESSE PECADO TEM PERDÃO; SEJA A MENTIRA, SEJA A PROSTITUIÇÃO, SEJA O ADULTÉRIO, SEJA UM DIVÓRCIO INDESEJADO E FORA DA VONTADE DE DEUS… A VERDADE É QUE DEUS PERDOARA E RESTAURARÁ TAL PESSOA.

E aqui esta o que eu digo a todos: Amados se seu casamento esta destruido, vivendo de aparência e pecando dentro de 4 paredes atraves de ofensas, falta de perdão e confrontamentos incessantes ISSO NÃO É DE DEUS E ESTÃO EM PECADO DA MESMA FORMA. A biblia diz:

Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?

AMOS 3:3

Se depois de haverem tentado de tudo e nada tiver dado certo e você esta seguro disto e que não há mais solução para trazer a paz com seu cônjuge, DIVÓRCIO infelizmente e o caminho, e creia na palavra, não importa o que homens, pastores ou igrejas dizerem, Jesus ainda perdoa pecados e ainda restaura vidas.. Se infelizmente divorcio for o seu caso.. creia na restauração de Deus e passe adiante com sua vida.

Há casamentos que tem restauração… Outros infelizmente não, pois quando o homem ou mulher está obstinada em seu coração a acabar com o casamento o amor não volta, nem Jesus da volta nesses casos, pois Deus ainda respeita a vontande, o livre arbitrio do ser humano. Divórcio para mim é o extremo e só em um ultimo caso. Contudo ainda é uma saida para trazer paz e restauraçao a muitos.

E SE PORVENTURA ALGUÉM, OU ALGUM LIDER LHE CONTESTAR OU ACUSAR OU ATE MESMO QUISER TE EXCLUIR DE UMA IGREJA OU LHE TAXAR POR SEU DIVÓRCIO. Pergunte a tal pessoa o mesmo que me foi dito. “HA LIMITE NO SANGUE DE JESUS QUANTO AO PERDÃO DE PECADOS?”… A pessoa sabe que não. Salvo o pecado de morte que é a rejeiçao consciente de Jesus por um cristão maduro, a misericordia e graça de Deus ainda existe para quando tentamos e não conseguimos alcançar sem falhas o proposito perfeito de Deus.

Se tais continuarem a te perseguir… Mude de igreja e comece algo novo onde o povo de Deus seja misericordioso e não condenadores, não sabendo tais que naquilo que condenam serão também condenados. Lute pelo seu casamento, mas se o fim realmente tiver chegado passe adiante, divorciar e se lance na misericordia do Senhor que é para sempre e sobre todos.

PR. Wanderson da Silva - ASSEMBLEIA DE DEUS MADUREIRA / GALERIA DE LA FE INTER-DENOMINACIONAL.

SE DESEJAR UM ACONSELHAMENTO PRIVADO E PERSONALIZADO ENTRE EM CONTATO POR EMAIL: prwdasilva@hotmail.com

CONVIDO-LHE A CONHECER MEU MINISTÉRIO E UM POUCO MAIS SOBRE MINHA VIDA:

www.evangelistasdaultimahora.wordpress.com

AGENDE: CRUZADAS DE CURA DIVINA E INTERIOR, AVIVAMENTO, GOSPEL MUSIC E MAIS.

CONVITES: PARA PALESTRAS E SEMINÁRIOS PARA JOVENS E CASAIS EM SUA IGREJA SOBRE:

• SEXUALIDADE CRISTÃ
• SEXO NO MATRIMÔNIO
• DISFUNÇÕES E DESVIOS SEXUAIS
• MASTURBAÇÃO, PORNOGRAFIA E O PERIGO DO SEXO VIRTUAL.

Blog Stats

  • 469,579 hits
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 45 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: